HORTALIÇA NO JARDIM

Cultivar uma horta em casa é sinônimo de saúde e bem-estar independentemente da idade. 

Para as crianças é um incentivo à disciplina, pois exige atenção e dedicação, já para os adultos é um passatempo relaxante e prazeroso, que vai do plantio à colheita. A seguir, aprenda a realizar esse tipo de agricultura em seu lar.

A hortaliça pode ser cultivada em qualquer lugar, desde que seja em pequenos vasos, jardineiras, caixas de madeira, garrafas PET com drenagem ou, até mesmo, em um canteiro destinado somente à horta. Entretanto, recomenda-se começar a horta com um ou dois vasos.

Antes de começar o cultivo da horta em casa, é preciso pesquisar as espécies para obter sucesso no plantio. Vale conhecer também as característica de cada hortaliças e possíveis alergias dos moradores, antes de ingerir o alimento.

Recomendações básicas

  • Tenha iluminação adequada por pelo menos 5 horas diárias de sol, independentemente se será na parte da manhã ou da tarde.
  • A irrigação é importante para o desenvolvimento das plantas. Tenha cuidado tanto com o excesso de água, que apodrece as raízes, quanto com a falta de água, que murcham as plantas. Hortaliças em vasos tendem a secar mais rápido do que as plantadas em canteiros diretos no solo.
  • A preparação do solo para o plantio precisa ser de 1/3 de terra preta, 1/3 de vermiculita e 1/3 de matéria orgânica, como esterco de aves, húmus de minhoca e outros compostos.
  • A adubação precisa ser feita antes do plantio e, após isso, a cada 15 dias. Recomenda-se usar compostos orgânicos, esterco de galinha, húmus e sulfato de amônia.
  • O tempo de colheita dependerá da espécie, da insolação e dos cuidados obtidos com a espécie.
  • Para evitar pragas em sua horta, tire as folhas secas e observe se existem bichinhos na planta. Caso exista insetos em sua horta, tire-os um a um. Após isso, será necessário limpar as folhas com sabão neutro ou detergente de louça.

Dicas para o pleno desenvolvimento de sua horta

  • Evite sempre que possível o plantio, no mesmo vaso, de espécies que cresçam muito juntamente com espécies de crescimento lento, pois a tendência é sufocar as plantas que crescem menos.
  • O alecrim e o louro devem ser plantados individualmente, devido ao seu crescimento.
  • Boas opções que podem ser plantadas juntas no mesmo recipiente são a cebolinha, o manjericão, a manjerona, o orégano, a salsa e a sálvia.
  • O coentro e o manjericão devem ser protegidos no inverno.
  • A hortelã é uma planta invasora, por isso, recomenda-se plantá-la sozinha em um vaso ou jardineira.

Dicas em relação às cores das hortaliças e seus benefícios à saúde

Verde – Benéfico para a pele, os ossos, os sistemas imunológico e nervoso, a redução do colesterol e as doenças cardiovasculares.
Opções como alface, espinafre, brócolis e agrião.

Amarelo e laranja – Benéfico para a pele, a visão, o sistema imunológico, as doenças cardíacas.
Opções como a cenoura, abobora e o pimentão.

Vermelho – Benéfico para reduzir o colesterol, a saúde da pele e da gengiva, o sistema imunológico.
Opções como as pimentas, melancia, tomate e o morango.

Branco – Ótimo anti-inflamatório, combate alergias, equilibra o sistema imunológico e melhora a circulação.
Opções como alho, cebola e couve-flor.

Roxo – Previne o câncer e auxilia no tratamento de doenças cardíacas.
Opções como berinjela, alcachofra, beterraba e o repolho.

Fonte: www.dicasdemulher.com.br/horta-em-casa.
Agronoma Renata Rodrigues Bonazzi

Abaixo, conheça as características de algumas hortaliças que podem ser cultivadas em casa.