JARDIM VERTICAL

O jardim vertical surgiu como uma opção para quem não tem espaço, mas não abre mão de ter um pouco da natureza dentro de casa. Se este é o seu caso, confira essas ideias e aprenda a montar o seu próprio projeto de paisagismo com flores pendentes. 

Existem oito maneiras de construir jardins verticais:

  1. Construídos com blocos pré-moldados, como os feitos pela empresa Neo Rex. A empresa fabrica dois modelos, um de jardineiras contínua e outro de jardineiras ziguezague.
  2. Já o Wall Green, da Thermogreen Tecnologia Ambiental, é vendido em kits modulares montados por um sistema de encaixe com capacidade para 18 plantas.
  3. O Green Wall Ceramic é montado com blocos de cerâmica fixados com argamassa ,que podem ser colocados em muros e paredes.
  4. Quem preferir fazer o jardim vertical com treliças e vasos, primeiramente deve fixar a treliça na parede ou no muro com parafusos ou chumbá-la, e depois dispor de vasos em meia-lua nos locais.
  5. A técnica Pet é usada com garrafas de plástico fixadas em uma estrutura ou direto na parede. Nesse caso, as espécies são plantadas dentro da garrafa.
  6. A fibra de coco pode ser fixada na parede através de parafusos e as espécies plantadas nela.
  7. Há também a opção de vasos meia-lua fixados através de parafusos diretamente na parede ou no muro.
  8. O Quadro Vivo é uma técnica de quadros que podem ser colocados tanto em residências como em escritórios. Essa estrutura é completamente vedada para evitar vazamento.

Dicas
Jardins expostos ao sol devem usar espécies cultivadas a pleno sol. Já nas áreas internas, deve-se usar espécies de sombra.

Outra dica é fazer um jardim vertical próximo às áreas da cozinha ou da churrasqueira, com plantas comestíveis como as hortaliças.

Escolha espécies perenes, que não tenham facilidade de perder folhas, e use plantas pendentes e semi-pendentes.

A seguir algumas espécies mais indicadas para cada insolação.