MONTE O SEU VASO

Antes de iniciar o plantio e montagem de seu vaso, conheça alguns itens essenciais para o desenvolvimento da planta

Insolação
Qual é a intensidade de sol e luz que o seu vaso recebe por dia? Ao fazer um projeto de paisagismo é importante saber que a luminosidade é importante para o seu jardim se manter vivo.

As plantas que gostam de sol são chamadas de plantas de pleno sol. Já as plantas que não suportam sol direto, porém precisam de uma boa claridade, são chamadas de plantas de meia-sombra. E as espécies que não toleram sol  direto e nem precisam de tanta claridade, são chamadas de plantas de sombra.

Em vasos que recebem mais de quatro horas de sol diariamente, deve-se usar plantas de pleno sol. (Veja a lista de opções de plantas, mais abaixo.)

Vasos que recebem luz, porém sem sol direto, devem receber plantas de meia-sombra, nestas condições, as de pleno sol acabariam ficando queimadas ou até mesmo morrendo. (Veja a lista de opções de plantas, mais abaixo.)

E os vasos que não recebem luz direta do sol, além de pouca claridade, devem usar plantas de sombra. Caso coloque plantas de pleno sol nesse local, a planta acabara morrendo. (Veja a lista de opções de plantas, mais abaixo.)

Após conhecer essas importantes características das plantas, identifique o lado em onde o sol nasce e estenda a sua mão direita nesta direção. Aí é o Leste, à sua frente está o Norte, às suas costas o Sul e à sua esquerda o Oeste. Se preferir, pode usar uma bússola.

Na face Norte, o Sol é intenso durante nove horas por dia; ao Sul, o Sol é intenso durante três horas na parte da tarde; na face Oeste, o Sol é intenso durante seis horas na parte da tarde. Esses tempos de exposição solar são aproximados, pois há variações, dependo da estação do ano. Adicionalmente, é importante verificar se, independentemente da face identificada, o local tem sombra em alguma parte do dia.

 

Fases da lua e a sua influência no jardim

Apesar de controverso, muitos pesquisadores garantem que as fases da lua têm efeito sobre o desenvolvimento das plantas. Tanto as ações da luminosidade, quanto da gravidade da lua exercem influência no desenvolvimento de hastes, no desabrochar das flores, no amadurecimento dos frutos e também no aprofundamento das raízes.

Na prática, podemos considerar as seguintes regras:

Quarto crescente: crescimento das partes aéreas. Momento indicado para plantar e transplantar.

Lua cheia: geralmente, os dias são secos e são bons para as colheitas. Ideal para semear e plantar bulbos.

Quarto minguante: diminui a força da seiva e, por isso, favorece o crescimento das raízes e o plantio de bulbos. É ideal para fertilização com adubos orgânicos.

Lua nova: não é uma boa fase para o plantio. Nesse período, as plantas não têm resistência às pragas, por isso é recomendado fazer a pulverização com venenos. Também é um ótimo momento para adubar as plantas.

Escolhendo e montando o vaso adequado para cada planta

Coloque o vaso adequado ao tamanho da planta com saúde e harmonia. Um vaso muito pequeno para uma planta grande não é recomendado, devido ao espaço que as raízes necessitam e a drenagem da água. E o inverso também não é legal, visto que as plantas pequenas não necessitarão de tanto espaço e a drenagem ficará danificada.

A drenagem do vaso também é outro fator importante. Adquira vasos com buracos para o escoamento da água. O prato precisa ter 5 cm a mais do que a base para o escoamento da água.

Pesquise a planta adequada a cada ambiente e se estará em área interna fechada ou externa com acesso ao sol, chuva, vento e umidade. Veja abaixo as plantas mais adequadas para cada área.

Sobre os vasos

A escolha do vaso é muito importante e depende de onde ele permanecerá. Vasos que ficarão expostos à chuva, vento, calor e sol precisam ter mais resistência, sendo os de cimento, cerâmica, fibra de vidro ou madeira de boa qualidade os mais recomendados.

No caso dos vasos de cimento ou cerâmica, impermeabilize-os antes do plantio, para que a umidade não deteriore o acabamento externo.

Tome nota!
Os vasos mais escuros retêm mais calor do que os claros.

Não é recomendável colocar ao ar livre os vasos de metal, ferro ou plásticos, pois estes absorvem muito calor.

Nas áreas internas não existe restrição quanto ao tipo de vaso, mas sim indicação de tamanho para que não fique muito grande.

Os vasos suspensos são muito usados para o plantio de suculentas e plantas pendentes, como os gerânios, as petúnias, as begônias, os brincos-de-princesa, os peixinhos, as columéias, as avencas e as samambaias. Uma dica é colocar as plantas rasteiras nas bordas do vaso e as eretas no meio, para dar harmonia ao vaso. As correntes podem ser escondidas pelas plantas rasteiras, quando enroladas.

Já as jardineiras que ficarão suspensas são muito usadas com plantas pendentes, como gerânio, petúnia, jasmim amarelo e alamandas.

Se os vasos forem dispostos no chão, são indicadas plantas de pequeno crescimento, como minigardênias, mini-ixoras, antúrios, moreias, formiuns, iris, hortaliças e, até mesmo, as murtas com até 60 cm de altura.

Vasos baixos e pequenos podem ser usados com lírios da paz, antúrios, azaléias anãs, minigardênias, miniixoras, viburnos, clusias, impatiens e buxinhos.

Vasos altos e finos são mais usados com plantas baixas e volumosas, como pacobas, dracena arbórea e formiuns.

Vasos médios e largos são usados com primavera arbustiva, buxos bola, capins, primavera e kaizukas.

Vasos grandes e largos combinam com plantas maiores, como jabuticabeira, pitangueira, laranjinhas, limões, manacás de cheiro e camélias.


A seguir, aprenda passo a passo a fazer o plantio em vasos.

Passo 01 – Coloque pedaços de cerâmica ou barro na parte de baixo, para não entupir.

Passo 02 – Coloque argila expandida e, na parte de cima, manta.

Passo 03 – Coloque areia e, depois, substrato ou terra adubada.

Passo 04 – Coloque a muda de planta.

Passo 05 – Cubra toda a muda de planta com terra.

Passo 06 – Coloque seixo, pedriscos ou casca de árvore tratada para ajudar a reter a água por mais tempo, prolongando o tempo de duração da umidade do vaso.

Confira abaixo algumas opções de vasos adequados para casa ambiente.