PLANTA REPELENTE DE INSETO

Para promover mais conforto ao ar livre, longe dos indesejáveis mosquitos e pernilongos, uma ótima solução é usar plantas repelentes em seu jardim.

Seja para compor um projeto de paisagismo ou cultivar as folhagens em vasos dentro de casa, as espécies de plantas repelentes são ideias para espantar insetos de forma natural e, ainda, promover um cheiro agradável ao ambiente.

A seguir, confira algumas espécies de plantas repelentes, conheça suas características e dicas de cultivo.

Citronella – Muito conhecida por ser repelente de insetos, as espécies Cybopogon Nardus ou Citronella Winterianus podem ser aliadas a outras plantas com perfumes cítricos. Não requer muitos cuidados, podendo ser cultivada em extensos canteiros.

Catmint – Espécie da família da Menta, tem fácil manutenção, porém tem facilidade em invadir outros canteiros devido ao seu crescimento rápido.

Alecrim – O seu perfume costuma repelir os insetos. O alecrim pode ser cultivado em regiões de clima quente e frio, como bordadura ou em vasos.

Manjericão – Seu perfume intenso ajuda a espantar os insetos, porém, essa erva precisa de alguns cuidados, como solo bem drenado e sol intenso. Pode ser plantado em vasos ou em canteiros.

Lavanda – Afasta os insetos e outros animais, como os coelhos, e a sua fragrância pode ser usada em óleos. Exige boa drenagem e sol intenso.

Gerânios perfumados – O tipo que possui aroma de limão é o mais indicado para espantar os insetos. Crescem com muita rapidez, precisam de sol intenso e cuidados especiais.

Crisântemo – Afasta as baratas, pulgas e percevejos.

A seguir, confira como as plantas repelentes podem ser usadas em seu jardim.